Essas coisas terríveis de nome "despedidas"


Despedidas não são o meu forte. Nunca foram, nem nunca hão de ser. Simplesmente, porque eu não gosto de perder quem amo e aquelas que fazem parte da minha vida, por muito que eu saiba que isso é algo normal.

Eu sempre me apeguei demasiado a tudo e a todos. Eu agarro cada oportunidade, cada amizade, cada coisa nova que aparece na minha vida, com todo o amor, toda a garra e toda a força mas, acima de tudo, com a convicção de que nunca as vou largar. Mas as coisas nunca são como nós queremos, ou desejamos, e, mais tarde ou mais cedo, aquilo que outrora estava na nossa de vida de pedra e cal, agora nos abandonava.

Uma vez li algo sobre a vida ser como um comboio: cheia de embarques e desembarques. Se pensarmos bem, é realmente isso. A nossa vida é cheia de entradas de pessoas/coisas novas e, mesmo que não queiramos, de saídas de pessoas/coisas que já terminaram o seu prazo de permanência nas nossas vidas. E, um dia, também nós iremos desembarcar da vida das outras pessoas: quer por vontade própria, quer por vontade de uma força maior.

Mas a vida é demasiado curta para perdermos tempo a chorar cada perda, cada despedida. As despedidas são difíceis – e ninguém o pode negar – mas temos de aprender a superá-las e guardar aquilo de que nos despedimos no nosso coração, pois aí ficará para sempre. Esse é truque: guardar aqueles/aquilo que amamos no nosso coração, pois no momento em que eles tiverem de desembarcar (e atenção que aqui não falamos apenas de mortes), podemos ter a certeza que nunca os perderemos por completo, porque ficaram guardados num lugar onde nada nem ninguém nos pode roubar: no nosso coração.



Despedidas quebram corações, soltam lágrimas, deixam-nos de rastos. Despedidas são precisas para que nos habituemos a que temos de valorizar enquanto temos, pois uma vez que perdemos, raramente recuperamos. Tal e qual a confiança: uma vez perdida, jamais recuperada. 

Comentários

  1. Despedidas estão no meu top 5 de piores coisas, tens imensa razão :c muito belo texto, como sempre "a vida ser como um comboio: cheia de embarques e desembarques." fiquei com a frase na mente! E já agora, gosto do tema :3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter