Obrigada





Quando desafiada pela minha melhor amiga (Chamam-me Pequenita) a escrever sobre uma mudança que tenha sido crucial na minha vida, pus-me a pensar sobre o assunto.

Eu nunca fui de mudanças bruscas, não há nada na minha vida que durante o correr da mesma tenha mudado drasticamente e que me tenha feito mudar também. E eu acho que o termo certo não é mudar, mas sim crescer.
Mas voltando ao tema que me lançou, fui revirar a minha cabeça e não encontrei nada de especial. Mas encontrei um momento, uma altura em que me senti a mudar, a amadurecer, a crescer. E associada a essa época vem a amizade dela e a altura em que se tornou na minha melhor amiga.
Foi numa altura da minha vida em que já não acreditava nessa coisa de melhores amigas muito menos para sempre. Estava muito desiludida com uma pessoa que outrora tinha sido muito importante para mim e desacreditada quanto a verdadeiras amizades. E ela caiu na minha turma.
Eu já a conhecia, através de uma outra amiga, mas era daquelas pessoas com quem falava ocasionalmente e banalmente. E então ela entrou para aquele circulo de amigos que todos temos e que podemos considerar como os nossos amigos mais próximos. Tornámo-nos bastante amigas, ela sempre contou comigo naquela que foi uma fase má e eu sempre contei com ela, porque sabíamos que podíamos.
E ela fez-me voltar a acreditar de novo nas pessoas boas e nas verdadeiras amizades. Tornámo-nos inseparáveis. Ela é a minha melhor amiga, apoiamo-nos mutuamente e estamos sempre lá uma para a outra. É ela a primeira pessoa a quem eu conto quando estou menos bem, é com ela que tenho aquelas conversas mais sérias, é com ela que falo dos meus receios, é com ela que faço das maiores parvoíces, é com ela que me rio de coisas sem jeito nenhum… Mas é por isso que ela é a minha melhor amiga. Porque não tenho mais nenhuma amizade como a dela e, sinceramente, espero tê-la por muitos e muitos anos. 
Sim, ela mudou-me, ela fez-me crescer e tornou-me na pessoa que sou hoje. Obrigada. Sabes que hás de sempre ter um refugio em mim. Gosto muito de ti, sua parva.



Fico à espera de uma boa resposta a esta declaração de amor! Ahahah! 

Comentários

  1. Não tenho como agradecer todo o carinho que transpuseste para este texto! Está fantástico e retrata na perfeição tudo o que connosco se passou! Parabéns! :) E obrigada, significou muito para mim! :) Amo-te ranhosa! <3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter