O futebol irrita-me!


Olhando para o título deste texto posso confirmar-vos que, sim, venho mesmo falar de futebol. Não é que eu perceba alguma coisa – porque não percebo quase nada – mas tenho direito também a dar uma opinião como mulher livre que sou. E a verdade é que eu não venho falar diretamente do futebol desporto, mas sim do tema mais geral e, mais especificamente, da importância que lhe é dada.

No que me parece e daquilo que eu percebo, acho que o futebol deixou de ser um desporto para passar a ser um negócio e eu não sei se esse será o caminho certo. Penso que estão a sobrevalorizar coisas sem grande importância e a desvalorizar outras. Valorizam demasiado os jogadores e menos o desporto em si. O fairplay e tudo isso deixou de ter importância, porque o que realmente importa é quanto é que o clube x vai pagar para poder comprar o jogador y para o lugar do jogador z. Percebem o que quero dizer? É tudo demasiado supérfluo.

E esta minha teoria, leva-me a uma outra teoria que é os fanáticos por futebol darem-lhe demasiada importância. Importam-se demasiado com uma coisa tão supérflua como é saber qual das equipas – sobretudo, dos 3 grandes – ganhou a taça do não sei do quê e com o facto do clube tal não ganhar taças à não sei quantos anos… O que resulta em bocas despropositadas, zangas e outras coisas tantas que não valem a pena.

Acho que o futebol é uma coisa boa, sim, se for levada como um desporto e da forma correta, sem demasiada competitividade e lutas infantis e sem jeito nenhum. Contudo, como nada se passa desta forma e eu não gosto nada disto, concluo é que…


O futebol irrita-me! 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter