Momentos de Revolta #1: Violência Doméstica


Olá!

Aqui está a nova rubrica do blog, onde me vou "revoltar" acerca de temas da atualidade ou cisas que aconteçam que me indignem. Eu já fiz isto, de algum modo, só nunca lhe tinha dado nome. Portanto, eu espero que vocês gostem e sugiram temas para eu comentar/revoltar-me. Obrigada!


É raro o dia em que ligo a televisão ou a Internet e não me aparece uma notícia sobre violência doméstica. E sabem o que é triste acerca de tudo isto? É que estamos em pleno século XXI, as mulheres são livres e (supostamente) iguais aos homens e, ainda assim, cada vez se houve falar mais neste tema. Eu sei que também há homens vítimas de violência doméstica, mas os casos são em muito menor escala – quer numerária, quer de gravidade.


Entristece-me o facto de ainda haver tantas mulheres a sujeitarem-se a todo este sofrimento. E o pior é que sofrem caladas durante anos – ainda ontem ouvi uma notícia de uma mulher que foi vítima de violência durante 26 anos – na esperança que o marido mude. Sabem o que vos digo? Já não acredito que as pessoas mudem. Não podemos deixar-nos sofrer na esperança de uma coisa que, interiormente, sabemos que não vai acontecer.

E sabem o que ainda me entristece mais? É que a justiça pouco faz contra os agressores. Ainda ontem, ouvi falar de um caso de um militar que espancou a mulher e que não foi punido por isso. Mais! A justiça portuguesa ainda teve o descaramento de dizer que se “dessem trela” à mulher, ela ia fazer queixa de violência doméstica de cada vez que tivesse uma “birra”. MEU DEUS! Isto cabe na cabeça de quem? Agora, a culpa é das mulheres que estão a “fazer birra”? Mas endoideceu tudo?
Isto indigna-me; não só porque sou mulher, mas porque sou um ser humano! E espancar em alguém, matar alguém que, supostamente, devíamos amar é um crime de alguém desumano! Que raio de mundo é este onde vivemos? Eu, simplesmente, não compreendo.


Partilhem comigo as vossas opiniões acerca deste assunto nos comentários! 

Comentários

  1. Fiz o estágio do 5º ano da Faculdade em algo ligado a isto e o pior é a realidade de vitimas que sofrem de violência no namoro e a idade delas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... Eu conheço um caso de uma amiga minha, da minha idade (15 anos), que às uns anos foi agredida e maltratada pelo namorado. Felizmente, as coisas não foram mais longe que uma chapada, mas eu acho que a pressão psicológica consegue ser ainda pior.

      Obrigada pelo teu comentário!

      Eliminar
  2. Eu sinceramente continuo indignada com este tópico como é obvio! Sejam mulheres ou animais, isto já chateia. No entanto, fico feliz que cada vez mais pessoas entendam o que está certo e errado e que tenham riscado a frase: "entre marido e mulher inguem mete a colher". As mulheres sempre foram vitimas desde a existência do ser humano, abusadas de tudo e todos! Isto já cheira mal.
    xoxo
    BLOG // FB PAGE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Ainda bem que violência doméstica já é crime público, por isso esse ditado deixou de fazer qualquer sentido!

      Obrigada pelo teu comentário! Beijinho

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter