Revoltei-me!


Quando entrámos em agosto, já eu andava a estranhar não se ouvir falar de grandes incêndios florestais, uma vez que estava bastante calor e que a “época crítica” já tinha começado há tanto tempo. Mas pensei: ‘pronto, talvez as pessoas tenham ganho juízo e, além de terem começado a limpar as matas, tenham percebido que não ganham nada em por fogo às ditas cujas.'

Parece que me saiu o tiro pela culatra. Nos jornais e nas televisões já só se vêem notícias de não sei quantos incêndios na zona centro, mas outros tantos no norte e outros tantos no sul. Portugal está todo ele em chamas. E a minha cabeça projeta a mesma pergunta que em todos os anos em que isto acontece: “porquê?”

A sério, eu juro que não consigo entender qual é o objetivo de pegar-se fogo às matas e às florestas do nosso país. Não percebo! O que é que ganham com isso? Menos uns anos de vida porque andam a queimar aquilo que produz oxigénio para nós respirarmos? É que não vejo nada que os incendiários possam ganhar com estas “brincadeiras” estúpidas. A única explicação que vejo para isto é pura maldade. Não há mais nada que justifique estas atitudes.

E quem é que carrega com estas responsabilidades todas dos fogos? Os pobres dos bombeiros que arriscam a sua vida para salvar os outros e que tantas vezes morrem por lá. Acham isso justo? E muitos deles são voluntários e não ganham nem um tostão por se meterem no meio das chamas e se arriscarem a ficar sem vida. Isto é justiça? Justiça era se esses filhos da mãe todos que ateiam os fogos fossem presos numa sala em chamas ou vissem tudo o que lhes pertence ser destruído pelo fogo! Mas pronto… Como eu sou só mais uma cidadã no meio de tantos outros, vou reduzir-me à minha insignificância e terminar por aqui este texto de revolta.

Contudo, antes só queria deixar aqui duas palavrinhas aos heróis do nosso país, os bombeiros: OBRIGADA e FORÇA!



P.S. – Agora que me revoltei acerca deste assunto, o sol e o calor foram-se embora e vieram as nuvens. Não quero incêndios, mas estamos em Agosto e um solzinho não faz mal a ninguém! 


Comentários

  1. Temos a mesma opinião, no que toca a isto.
    E, claro, não nos podemos esquecer da mais recente noticia de um cidadão sem cabecinha meter fogo porque gostava de ver o seu pai, bombeiro, a combater o fogo! Pois, não consegue compreender as vidas que mete em risco, tanto humanas como animais e até mesmo do seu país.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não consigo de todo, entender a mentalidade desta gente... É triste!

      Muito obrigada pelo teu comentário! :)

      Eliminar
  2. Infelizmente, e como quase tudo o que há de mau, para além de maldade e/ou doença psicológica, também há o factor €€€ por trás disto. Indemnizações de seguros, possibilidade de plantar eucalipto para rentabilizar o investimento, transformar os terrenos em área de construção...vale tudo. Até pôr as vidas dos outros em risco. É triste...mas é bom ver alguém que se preocupa com isto!

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei... Mas é triste que as pessoas comentam "maldades" deste tamanho a troco de coisas tão supérfluas! Enfim...

      Muito obrigada pelo teu comentário! :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter