Se não gostarmos de nós, quem gostará?


Hoje em dia, a ideia de beleza está demasiado estereotipada – sobretudo, quando se trata das mulheres. A competição entre estas é sempre muito mais dura do que nos homens, sobretudo quando se trata da beleza. Contudo, para mim, isso é ridículo.

Primeiro, somos todas diferentes – temos todas características diferentes umas das outras e isso é ótimo. Já viram o quão aborrecido seria se todas fôssemos iguais? Já nos basta que compremos roupas nas lojas que têm mais vinte ou trinta originais que outras mulheres irão usar.

Segundo, ninguém é perfeito – por mais cliché que isto seja, é a verdade. Todas temos imperfeições e defeitos e é isso que nos torna únicas e especiais. A perfeição é aborrecida porque não há nada que se possa mudar ou aperfeiçoar e é suposto nós irmo-nos aperfeiçoando – quer fisicamente, quer a nível de personalidade – com os erros da nossa vida e com as coisas que nos vão acontecendo.

Terceiro… Porque é que uma gordurinha a mais já não é tão bonito como um corpo lisinho? Porque é que as curvas não são aceitáveis? Uma vez, ouvi um daqueles piropos mesmo pirosos, mas que agora partilho aqui convosco: “tens pneus? Não te preocupes, todos os aviões os têm.” Agora pensem!


I love seeing a variety of different sized women together!

Mulheres, sejam vocês como forem, tenham vocês o corpo que tiverem, isso não importa. Importa a vossa personalidade, a forma como vocês encaram a vida e, acima de tudo, a forma como se encaram a vocês próprias. Aquilo que os outros pensam ou dizem, não pode pesar mais que a nossa própria opinião e, acima de tudo, não pode mudar a nossa opinião. Tenhamos mais ou menos curvas, um rabo maior ou mais pequeno, mais ou menos borbulhas/sardas… Somos todas lindas, à nossa maneira - mais uma vez, mesmo que isto soe muito cliché é a verdade. Se não gostarmos de nós, quem gostará?


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter