Reflexões de Final de Semana


No outro dia, na aula de Filosofia, a minha professora disse que ‘o Homem é um ser inacabado’ e eu fiquei com aquilo no ouvido. Soou-me bem, vá-se lá saber bem o porquê. Mas eu gostei da ideia.

Um ser inacabado é algo que está susceptível a mudanças, a alterações, a melhoramentos. Imaginar o ser humano como um ser que se aperfeiçoa diariamente é uma ideia que, de algum modo, me dá mais alento. Dá-me mais alento no sentido de que me alivia saber que as minhas escolhas, apesar de não serem reversíveis, podem ser contornadas e os meus erros corrigidos. O Homem não tem de ser um ser permanente, finito, mas sim em constante aprendizagem e mudança. E isso é bom.

Lembrem-se, então, de que apesar de as decisões que tomamos influenciarem grandemente o curso da nossa vida, ele pode ser alterado se nos esforçarmos nesse sentido. Não há um caminho predestinado, uma linha traçada. Somos nós que construímos a estrada que pisamos. Tudo depende de nós. A nossa vida é fruto das nossas escolhas e mudar essas escolhas é igualmente uma escolha. Só não podemos ter medo da mudança, de arriscar. 

Por isso, não se esqueçam. Somos seres inacabados, em permanente mudança. Nenhuma escolha é para sempre e o caminho que cruzamos é feito por nós. 


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter