Momentos de Revolta #8: Donald Trump, não!


Como já vos disse aqui, não sou muito fã de política, até porque não percebo grande coisa mas gosto de ir estando atenta ao que se passa no país e no mundo. Contudo, acho que o assunto de que aqui venho falar, nem tem tanto que ver com política mas sim com bom senso e com a integridade das pessoas.

Todos temos andado a assistir, de mais perto ou de mais longe, ao espetáculo que anda acontecer no Estados Unidos e eu sinto-me verdadeiramente revoltada só com o pensamento de que o Donald Trump venceu as eleições primárias em cinco estados americanos. E isto deixa-me revoltada porque o povo americano diz-se tão evoluído, tão culto e tão multicultural, mas deixa-se ir na cantiga de um xenófobo, de um racista e de um homem louco.

É claro que acho que meio mundo queria que o Obama continuasse no poder – a sério, eu adoro aquele homem – e que outro meio mundo também não gosta da Hillary Clinton, mas vendo o panorama da situação, eu acho que é preferível uma Hillary à frente da maior potência mundial do que um Trump, certo? Se ele subir ao poder, o mundo vai dar uma volta muito grande e nunca mais será o mesmo. Nem é bom pensar nisso!


Só queria partilhar a minha revolta convosco porque eu não entendo como é que um homem desprezível como o Donald Trump consegue ter pessoas que apoiam as suas ideias loucas e lhe beijam os pés como se ele fosse a melhor pessoa do mundo. Recuso-me a entender! Recuso-me a acreditar que há pessoas a votar a favor dele para a presidência dos Estados Unidos e o controle mundial – porque toda a gente sabe que os Estados Unidos controlam o mundo todo a par com a Merkel, que toma conta da Europa. Espero não ser a única a achar tudo isto estapafúrdio e a desejar que os americanos ganhem juízo de uma vez e a maioria vote na Hillary Clinton. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter