Parabéns, Campeões!


Antes de mais nada: não, isto não é mais um post alusivo à vitória da seleção nacional de futebol no Europeu.

Este post é única e exclusivamente dedicado a todos os atletas que pertencem ao comité olímpico nacional. Mas só trouxemos uma medalha e de bronze – dizem vocês. E eu respondo, E eles deixam de ser campeões por isso? Ora passo a explicar todo este raciocínio, provavelmente, complexo e estranho.


As redes sociais tanto são uma coisa muito boa, como uma muito má – esta segunda, para aquelas pessoas que não sabem guardar as suas opiniões infundadas para si quando ninguém as pediu. Então, vê-se muito boa gente por aí a criticar os nossos atletas e a dizer que nem uma medalha de ouro nos trouxeram e que a única que temos é de bronze e que não fazem nada de jeito e essas tangas que todos nós já lemos/ouvimos. Então agora é a minha vez de dar a minha opinião, em jeito de resposta a essas pessoas, mesmo que ninguém ma tenha pedido.

É verdade, sim, senhora, que só trouxemos para casa uma medalha de bronze da nossa Telma Monteiro, que a mereceu com todo o mérito. Mas outra grande verdade é que os restantes atletas, mesmo não tendo chegado ao pódio, fizeram um trabalho excelente a representar o nosso país. Na grande parte das modalidades, passámos às finais e nem ficámos tão mal classificados como isso. Portanto, também esses atletas têm o seu mérito e são campeões – e nós, como seus compatriotas, só temos de reconhecer esse mérito, porque ser apurado para os Jogos Olímpicos é um grande feito por si só. Mas o problema é que vivemos num país onde criticar é muito fácil e onde as pessoas raramente estão satisfeitas com alguma coisa.

Quero acrescentar mais umas coisinhas relativas a este tema… Como querem que os nossos atletas tragam medalhas para Portugal, quando só há um desporto rei, chamado futebol, e os outros são desprezados, não só pelos media, mas tendo carência de fundos para serem suportados. Em relação à falta de reconhecimento, só tenho que lamentar o facto de muitos dos nossos atletas serem campeões nacionais e europeus e a maioria dos portugueses – eu, na maioria dos casos, incluída – não conhecer se quer o seu nome. Não é triste? Mais, não acham triste que um bicampeão europeu de taekwondo precise da ajuda financeira dos pais para poder comparecer nos Jogos Olímpicos? Não é triste que viajem em voos low-cost, pagos por eles, porque não há dinheiro, enquanto que os nossos futebolistas e os atletas de outros países têm tudo do bom e do melhor pago?

Não digo mais nada, as minhas palavras findam aqui (até porque isto já está a ficar muito longo). Quero só que reflictam sobre este assunto e que se pense duas vezes antes de se exigir seja o que for aos nossos atletas. Li eu algures pelo Facebook: Como é que um país amador pode querer medalhas olímpicas? Pois é…


Parabéns e obrigada, Campeões! 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Love Yourself

Feliz Natal! | 2016

10 Factos Curiosos sobre Harry Potter