Sê a tua melhor versão

Para o mal ou para o bem, eu pertenço àquele grupo de pessoas que são pouco adeptas de arriscar e de sair da sua zona de conforto. Normalmente, eu prefiro manter-me em locais onde sei que tenho pé e que não há possibilidade de me afogar. Faço coisas sobre as quais sei que tenho controlo e que sei que terei sempre alguém para me dar o apoio necessário. Raramente me voluntario para ser a voz, a líder de algo por medo de falhar e de desapontar aqueles que acreditaram em mim.

Neste momento, em duas vertentes da minha vida, estou sujeita a situações distintas que são da minha responsabilidade. Estou fora de pé, longe da minha zona de conforto. Contudo, eu meti-me em cada uma dessas coisas de forma consciente, porque sinto necessidade de ir mais além, de me superar a mim própria e de vencer todas as barreiras e obstáculos que me imponho. Quero ser mais e melhor, mesmo que viva todos os dias com medo, porque não quero falhar, não me quero desiludir e não quero desiludir todos os que depositam a sua confiança em mim.

Sei que todos os dias dou o meu melhor, mas todos os dias me questiono se isso é suficiente. Todos os dias me questiono se sou capaz. Todos os dias sinto medo de falhar. Contudo, todos os dias eu faço um esforço para acreditar mais em mim e para ser a melhor versão de mim mesma. Eu não desisto, eu não cedo e eu sei que vou vencer todas as batalhas pessoais que forem surgindo, porque tudo isto faz parte de um intenso processo de autoconhecimento e de amor próprio – processo esse que eu vou levar até ao fim para ser bem sucedida.


A mensagem de hoje é simples: superem-se a vocês próprios, sejam a vossa melhor versão a cada dia que passa. Não fiquem por aquilo que têm como dado adquirido. Queiram mais. Lutem. Arrisquem. Saiam da vossa zona de conforto e deitem o medo de falhar para trás das costas. 


Comentários

  1. Identifiquei-me tanto com este post, poderia ter sido escrito por mim . Tal como tu, tenho muito receio de arrisccar, mas uktimamente também é aquilo que tenho feito de forma consciente, e até agora está a ser mesmo muito recompensador.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente com as tuas palavras. Ultimamente tenho percebido que arriscar nalguma coisa de que gostamos compensa sempre.

      Obrigada pelo teu comentário!
      Beijinhos grandes

      Eliminar
  2. Eu identifiquei-me muito contigo... A minha zona de conforto é, vista por mim, demasiado aliciante face à perspetiva de ter de arriscar. Mas sei que isso não é o que nos faz crescer e ser quem tanto desejamos e por isso, tal como disseste, tento cada vez mais sair da mesma.
    Acho que fazes extremamente bem em arriscar porque vais conseguir tudo o que desejas :D
    Adorei o teu blog. Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas tuas palavras. É ótimo perceber que não sou a única pessoa que tem estes dilemas.

      Mais uma vez, muito obrigada!
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Gostei mesmo muito deste teu post Inês, é super pessoal e conseguiste ligar-te às pessoas que o leram e isso é muito raro hoje em dia! Identifiquei me muito com cada palavra escrita por ti! Arriscar e ter medo de falhar é algo constante na minha vida, mas sempre mantive esse pensamento "quem dá tudo o que tem a mais não é obrigado!!" e ponho sempre o coraçâo, o meu corpo e a minha alma em tudo o que faço para saber que se algo falhou não foi por não ter dado o melhor!
    Continua assim!
    Beijinhos,
    Girly World ♥ | Último post | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom ler as tuas palavras, enchem-me o coração. Este post é a prova viva de que nós nunca estamos sozinhos no mundo e é ótimo poder perceber que há pessoas que passam pelas mesmas dúvidas que eu.

      Muito obrigada! Beijinhos grandes

      Eliminar
  4. sou exatamente como tu e embora ultimamente tenha saído um pouco da minha área de conforto a verdade é que não gosto nada e não sinto que tenha verdadeiramente saído pois fui "obrigada" a fazê-lo... de qualquer forma é algo muito importante, que todos deveriam tentar fazer. devia era ser fácil :P
    beijinhos! :) https://ratsonthemoon.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, era muito melhor se fosse algo fácil de se fazer, mas quando chegarmos ao fim também será muito mais gratificante do que se tivesse sido um caminho simples.
      É preciso é força de vcontade!

      Obrigada e beijinhos!

      Eliminar
  5. Cada um tem a sua personalidade e na adolescência é uma ótima altura para aceitar como somos. Ninguém é perfeito e como dizes, sê a melhor versão de ti. Por muito que seja boa a zona de conforto, a vida trata sempre de nos dar desafios para nos superar porque se ficassemos sempre parados sem nada para nos ser exigido que sentido faria? É normal que cada um sinta medo.
    R: Exatamente, no entanto a tecnologia é sempre precisa para haver evolução na Humanidade, foi como a roda ou as caravelas...
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário