Filmes do Mês | Fevereiro

Hey, everybody!

No post de janeiro sobre os meus filmes do mês  eu expliquei-vos que um dos meus objetivos para 2018 é ver mais filmes - algo que gosto muito de fazer mas para o qual nem sempre tenho tempo -, sendo que me propus a ver, pelo menos, três por mês. Felizmente, durante o mês de fevereiro consegui superar esta meta, tendo visto o dobro dos filmes a que me propus, seis. Confesso que estou orgulhosa de mim própria! Desta vez, ao contrário do que aconteceu no post de janeiro, vou colocar os filmes pela ordem segundo a qual os vi e não por ordem de preferência. 

  • Dead Poets Society (O Clube dos Poetas Mortos
Sim, este filme é um daqueles clássicos que eu já deveria ter visto há mais tempo, eu sei. Mas, em minha defesa, está na minha lista há imenso tempo e eu até já o tinha começado a ver, mas foi numa altura em que o meu computador não me deixava ver um filme completo, então nessa altura eu desistu. Contudo, no início de fevereiro, decidi ver este filme e escusado será dizer que adorei completamente - houve lugar para choradeira no final e tudo. É um filme realmente fantástico e eu recomendo vivamente a quem ainda não viu.

Sinopse: «Conta a história de um professor de poesia nada ortodoxo, de nome John Keating, numa escola preparatória para jovens, a Academia Welton, na qual predominavam valores tradicionais e conservadores. Esses valores traduziam-se em quatro grandes pilares: tradição, honra, disciplina e excelência. Com o seu talento e sabedoria, Keating inspira os seus alunos a perseguir as suas paixões individuais e tornar as suas vidas extraordinárias.» [créditos]

  • The 33 (Os 33)
Até ver uma publicidade a este filme na televisão, eu nunca tinha ouvido falar dele. Contudo, lembro-me relativamente bem da tragédia que o originou e fiquei logo com uma grande vontade de o ver. Assim, no dia em que passou na televisão, eu sentei-me no sofá e vi religiosamente cada segundo do filme. Conclusão? Um ótimo filme! Acho que nós não temos noção nenhuma daquilo que se passou naquela mina durante todos aqueles dias e este filme dá-nos uma noção bastante realista do que foi a vida daqueles 33 homens e de todas as pessoas que os esperavam (e desesperavam) cá fora. Acho que é mesmo muito interessante e um excelente filme. 

Sinopse: «Dezenas de pessoas de Copiapó, no Chile, que trabalhavam na mina San José, onde o proprietário ignora os diversos avisos de falha e estabilidade da mina, que acaba por desmoronar, pouco tempo depois. A única saída da mina fica completamente bloqueada. Os trinta e três mineiros conseguem chegar à câmara onde ocorrerá o resgate. Eles descobrem que o rádio é inútil, o kit médico está vazio, os poços de ventilação não possuem as escadas necessárias para fuga, e há muito pouca comida armazenada. Mario Sepúlveda se torna o líder dos mineiros, dividindo os alimentos, rações e procura tranquilizar os homens parando momentos de violência e desespero. A empresa dona da mina não se prepara para fazer o resgate dos mineiros, fazendo com que os familiares dos mineiros se reúnem em torno dos portões da mina. O governo chileno decide intervir, e ordena o uso de brocas para chegar à câmara. Os primeiros poços exploratórios não chegam ao local certo. Após diversas tentativas, conseguem localizar os mineiros que anexam um bilhete na broca como prova de que estão vivos. Eles recebem alimentos e roupas, e passam a ter comunicação com a superfície. Os socorristas preparam uma broca mais grossa para conseguir tirar os mineiros, que são tirados um a um.» [créditos]

  • Magic Mike e Magic Mike XXL
Eu decidi vir estes dois filmes mais por curiosidade do que por outra coisa qualquer. Já tanta gente me tinha falado deles que decidi ver. Apesar de ser engraçado, confesso que não adorei o primeiro filme, porque acho que acaba por ser muito repetitivo. Contudo, o mesmo não se passa com o segundo. Acho a história muito mais interessante e prende muito mais o espetador - e, escusado será dizer, que adorei a cena final com o Channing Tatum e o tWitch. 

Magic Mike - Sinopse: «O veterano stripper Magic Mike, interpretado pelo ator Channing Tatum, incumbe-se de ensinar todas as artes da profissão a um aprendiz, The Kid, interpretado por Alex PettyferTrabalham em um clube de strip chamado Xquisite, de propriedade de um ex-stripperDallas, interpretado pelo ator Matthew McConaughey.» [créditos]






Magic Mike XXL - Sinopse: «Após um tempo fora de cena, Mike (Channing Tatum), se reúne novamente com antigos colegas, como Richie (Joe Manganiello) e Ken (Matt Bomer), em uma "road trip". O destino é Myrtle Beach, em Miami, onde o grupo pretende fazer uma última grande turnê de despedida.» [créditos]







  • Million Dollar Baby (Sonhos Vencidos)
À semelhança do que aconteceu em Janeiro, com o Equilibrium, também este filme me foi mostrado nas aulas de Psicologia, mas contrariamente a esse primeiro filme, eu gostei imenso deste. Tem uma mensagem muito forte e de grande importância e eu acho que é um daqueles filmes que toda a gente deve ver uma vez na vida para se recordar de que nunca é tarde para realizarmos os nossos sonhos e alcançarmos os nossos objetivos, mesmo que as condições à nossa volta não sejam as mais favoráveis. Apesar do desfecho, é um filme fantástico e recomendo completamente!

Sinopse: «Afastado da sua filha, Frankie (Clint Eastwood) revela uma grande dificuldade na aproximação aos outros, e apenas lhe resta o amigo Scrap (Morgan Freeman), um ex-lutador de boxe que cuida do ginásio de Frankie. É então que entra em cena, em seu ginásio, Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), que sempre teve pouco da vida, mas que ao contrário de muitos, sabe bem o que quer e tem a determinação necessária para o alcançar.» [créditos]

  • Pride & Prejudice (Orgulho e Preconceito)
Eu li o livro que inspirou este filme no ano passado mas, na altura, acabei por não ver o filme - apesar de ter gostado muito do livro. Este ano, uma amiga minha está a ler esse mesmo livro para a escola e falou-me que tinha visto o filme e que tinha adorado. Assim, eu decidi ir ver o filme. Posso afirmar que é um dos poucos filmes que eu acho que não foge muito ao livro e isso agradou-me. É claro que há sempre pequenas coisas que não acontecem exatamente da mesma forma, mas eu gostei do facto de ser uma versão bastante fiel ao original. Gostei muito do filme e relembrou-me por que razão é que eu tinha gostado tanto do livro e das personagens.

Sinopse: «Adaptação de um dos maiores clássicos da literatura do século XIX, "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen, realizado por Joe Wright, conta a história das irmãs Bennet, cinco irmãs de uma família inglesa remediada que os pais sonham casar. Quando um solteirão rico se muda para uma mansão perto dos Bennet, todas as irmãs ficam em alvoroço, até porque, no meio do sofisticado círculo de amizades dele, haverá certamente outros pretendentes. Mas um deles, o atraente e snob Mr. Darcy, vai dar luta às irmãs.» [créditos]


Pronto, e foram estes os filmes que eu vi durante o mês de fevereiro. Já conheciam todos os filmes ou há algum que não tenham visto? Se já viram alguns, deixem a vossa opinião nos comentários - gosto sempre de saber o que vocês acham. Espero que tenham gostado deste post!

Beijinhos,

Comentários